domingo, 4 de dezembro de 2011

Gatos na Propaganda

 Este estava em um cartaz na Casa de Ração que vende a ração que meu humano compra pra mim...
Este outro, estava encabeçando o display de postais lá no Cine Cultura...

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

terça-feira, 15 de novembro de 2011

novidades

 Olha eu na propaganda da banca de jornal em Estocolmo,
pouco depois de ter sido indicado ao Prêmio Nobel...
Aqui meus humanos pagando mico via intelsat

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

chegou o nosso Calendagram....

Pois é, o primeiro Calendagram a gente nunca esquece. O meu chegou e quem quiser um igual pode encomendar aqui, direto nos comentários deixando 1 1/2 para resposta e instruções. Yesssss! 
Ficou D+ ! Não se iluda, cobramos tudo, inclusive frete...

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

"O cachorro é meu, faço o que quero com ele", disse homem que arrastou cão por ruas de Piracicaba (SP)

Um cachorro da raça rottweiler foi amarrado com uma corda pelo próprio dono a um carro e arrastado por vários quarteirões na tarde de ontem (2), em Piracicaba (160 km de São Paulo). Testemunhas disseram que o motorista da picape Ford Courier disse, após deixar o veículo: “O cachorro é meu, faço o quero com ele”.
O animal passou por cirurgia e corre risco de ter uma das pernas amputada. Ele perdeu a parte de baixo das patas, chamadas coxin, e teve escoriações na barriga. A parte óssea das patas ficou exposta em alguns pontos. Ontem, moradores da cidade realizaram uma manifestação contra o crime, que revoltou a cidade.
Na tarde desta quinta-feira a polícia localizou o dono do cão, o mecânico Cláudio César Messias. Ele alegou em seu depoimento no 2º DP de Piracicaba que passeava com o cachorro e este teria pulado da carroceria da picape. Ele declarou que o cão pode ter sido arrastado por pelo menos um quilômetro.
O dono do animal alegou ainda que só percebeu que estava arrastando o cachorro depois que um motoqueiro o parou e o avisou. Ele disse que fugiu do local e deixou o bicho porque achou que ele tivesse morrido, segundo a Polícia Civil. 
O presidente da SPPA (Sociedade Piracicabana Protetora dos Animais), Luiz Américo Chittolina, disse ao UOL Notícias que entrará com uma representação nesta sexta-feira (4) no Ministério Público cobrando que Messias seja punido com multas e prisão por maus tratos aos animais.
O boletim de ocorrência foi registrado no plantão policial como prática de abuso contra animais, crime previsto no artigo 32 da Lei de Defesa ao Meio ambiente.
“Eu cheguei ao local logo que recebi informações. As testemunhas relataram que o motorista estava visivelmente alcoolizado e que disse que não queria mais saber do animal. Infelizmente não foi feito teste de bafômetro”, afirmou Chittolina.
No boletim de ocorrência consta que duas testemunhas gritaram para alertar o motorista, que então parou o carro no meio da rua. “Foi um absurdo o que aconteceu. Uma barbárie. O responsável tem de ser punido exemplarmente”, disse ele. “Vamos também cobrar que ele pague pelo tratamento do animal.”
Chittolina disse que o animal passa bem, apesar dos diversos ferimentos. “Ninguém sabe ao certo por quantos metros ou quilômetros o cachorro foi arrastado, mas o fato é que ele estava bastante ferido”, afirmou.
O presidente da SPPA estimou, pela dentição do animal, que ele tenha por volta de três anos de idade. Nesta tarde, o cachorro estava em uma clínica particular.

Fonte  UOL

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Desafio

colaboração de Glauber Ferreira - RN

sábado, 29 de outubro de 2011

terça-feira, 25 de outubro de 2011

domingo, 2 de outubro de 2011

sábado, 24 de setembro de 2011

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Medicamentos PROIBIDOS para Gatos!!!


por Camila Carnicelli (Médica Veterinária)

Conheça e mantenha fora do alcance.

Atenção!!


Paracetamol: A ingestão de 50mg de paracetamol pode ser fatal aos gatos. Causa um tipo de anemia grave nos gatos. Os primeiros sinais da intoxicação são anorexia, vômitos e salivação intensa.

Benzocaína: Utilizado como anestésico tópico. Causa estímulo do sistema nervoso central (SNC) podendo provocar tremores e convulsões.

Carbamato: Presente em produtos contra pulgas e carrapatos à venda em Pet Shops. Causa lesão no Sistema Nervoso Central.

Ácido Acetil Salicílico: Devido à deficiência de enzimas importantes na metabolização de medicamentos, a eliminação do AAS nos gatos é muito lenta, e o acúmulo das doses ingeridas é que causa o problema. Sintomas como anorexia, depressão, vômito, febre, angústia respiratória e hemorragia gastrintestinal, podem aparecer de acordo com o número de doses administradas.

Às vezes a ingestão de medicamentos ocorre acidentalmente por gatos curiosos que costumam entrar nos armários. Por isso que em casa, devemos sempre, manter remédios não só longe das crianças, mas também fora do alcance de animais domésticos.

Caso o seu bichano ingira acidentalmente algum desses produtos, encaminhe-o rapidamente a um veterinário. Todo cuidado é pouco quando se trata de remédio e de saúde.....

PS: Hoje é dia do Médico veterinário! Dê uma lambida carinhosa no seu, ele merece!

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

A arte imita a vida, como sempre...

Aqui nós sempre procuramos mostrar como os artistas se inspiram em fatos reais para produzir a sua obra. A realidade, afinal, é a maior fonte de inspiração. Às vezes é quase metafórico ou até alegórico, mas sempre tem seu fundo de verdade. Vejam vocês estas pequenas esculturas, por exemplo:



terça-feira, 16 de agosto de 2011

solidão japonesa

Rapaz... a vida no Japão é das mais difíceis. Não falo nem da carga emocional e cultural, falo dos mínimos espaços e das inúmeras restrições necessárias para se viver apinhocado. Espaços exíguos, proibições de todo tipo e sorte. Uma delas, por exemplo, é a proibição de se ter animais em casa, naqueles "apertamentos". As pessoas ainda são submetidas a jornadas extenuantes, como poderiam querer ter um animal de estimação. Para provar o que digo, vou logo lembrando o incauto leitor de que foi no Japão que se inventou um bichinho de estimação à pilha... É lá, também, que as crianças possuem bezouros de estimação... (chega né? Você já se convenceu...) Então, a mais nova arma, contra a solidão que se é capaz de sentir no meio da multidão, são os "cat cafés". São casas nas quais se paga por hora e nas quais o freguês tem contato com o "time" de gatos do lugar. Você vai lá, toma um chá, usa a internet, vê tv... sei lá... e afaga gatos ou brinca com eles. Muito interessante, não fosse triste.


PS: na foto, um "Lego" portrait meu... coisa do brinquedo novo do meu humano...

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

as aparências enganam...

Às vezes, as aparências enganam, como no caso desta foto. Apesar de parecer o contrário, esta gata cuida de um dos três pintinhos que ela adotou. Ao mesmo tempo, ela amamenta seus três filhotes numa caixa de papelão.

PS: retirado da revista Ecologia

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

11/08 Dia do Advogado

Nossa singela homenagem...

sábado, 30 de julho de 2011

Volta ao lar

Após quase duas semanas em uma câmara hiperbárica, volto para rever meu canto, minhas coisas e meus humanos. Tudo parece em ordem. Só uma coisa me intriga: que tanto põe mala pra cá, depois pra lá. Tira, põe, coloca e tira de novo. Não entendo. Enchem a mala de coisa e depois abrem a mesma mala e tiram as mesmas coisas... só humano mesmo pra fazer tanta confusão. Como complicam...
 Mas, na verdade, nada como a casa da gente. Aqui posso ficar na varanda e apreciar a paisagem sem nóia, sem mêdo. Só estes tais de passarinhos é que não colaboram. Eu chamo pra brincar e eles não querem nem saber. Só passam longe...

quinta-feira, 28 de julho de 2011

um adeus diferente

A escultora italiana Luciana Matalon comprou uma página inteira no diário "Corriere della Sera" para despedir-se de seu amado companheiro: seu gato, "Sky".
Luciana não hesitou em pagar por uma página do diário de maior tiragem na Itália para, como explicou depois, compartilhar a dor "com o maior número de pessoas possíveis". Segundo ela, seu gato "foi uma das maiores fontes de inspiração" de sua obra.
Na página com fundo negro são lidas algumas frases de despedida a "Sky" e há uma foto da escultora com o gato nos braços.
"O universo escuta em grande silêncio. O mundo se apagou. Hoje meu gato mágico foi sequestrado às 4h30 por um nêutron à deriva no espaço", escreve a artista no jornal.
A escultora não se limitou a comprar a página no diário, mas após a morte do felino alugou um helicóptero para enterrá-lo no jardim de sua casa em Olbia (na ilha da Sardenha) junto à escultura que dedicara a ele.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Um abraço da Paraíba

O amigo mandou um abraço direto da Universidade Federal de Campina Grande na cidade de Souza...
Valeu ai!

domingo, 17 de julho de 2011

Temporada na vovó

Esse sou eu, indo para a casa da vovó. Não gosto muito do carro não, mas de resto até que é bom passar uma temporada assim... fora de casa. Espero que meus humanos façam boa viagem e voltem logo.

segunda-feira, 11 de julho de 2011

quinta-feira, 23 de junho de 2011

A arte imita a vida...

Conheço um lugar em que uma humana se diz grande amante de gatos. É verdade que ela possui um monte deles, se bem que até hoje eu só vi um vivo e pela janela. Os outros ou são de porcelana, como este da foto, ou de madeira e plástico. Eu sei que há outros, mas estes devem ter cometido crimes terríveis, pois estão cumprindo perpétua em um quarto que dá lá para o corredor da casa dela. Nunca me atrevi a perguntar nada sobre isso, mesmo depois de dar uma cheirada por debaixo da porta e ter saído de lá com uma dúzia das pulgas deles... Quase Vincent Price.

terça-feira, 21 de junho de 2011

quarta-feira, 15 de junho de 2011

sábado, 11 de junho de 2011

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Quer ser escritor? Tenha um gato!

 Alen Ginsberg
 Beckett
 Bukowski
 Burroughs
 Camus
 Cortazar
 Guimarães Rosa
 John Fante
 Raymond Chandler

 Stephen King
 Sylvia Plath
Capote


Sartre
Mark Twain

PS: quer saber de onde tirei isso? Inconsciente coletivo. Aliás é obvio, que o Sr Humano para se destacar na vida, deve pertencer a um gato. Mas se você duvida, pode consultar aqui ó: http://writersandkitties.tumblr.com/

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Moda



Este macacão foi desenhado especialmente para humanos legais, amantes de gatos, assim como os meus.

domingo, 29 de maio de 2011

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Gatos pelo mundo

Olha só o que a Ong Cats Protection encontrou numa fábrica no Reino Unido:


Gatos cor de rosa... pode? Imagina se a moda pega? Vão levar um tempão pra limpar os coitados. Esse povo pensa que isso não afeta? Tinta prejudica, e muito!!!

quinta-feira, 19 de maio de 2011

solidariedade

Triste isso que está acontecendo em Ribeirão Preto... Sempre foi considerada uma cidade progressista e agora esta demonstração de barbárie por lá. A polícia parece já ter um suspeito, mas entre parecer e ter vai um chão. Vamos logo com isso!! Ainda bem que muitas pessoas se revoltaram com a situação e estão cobrando atitude das autoridades.

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Feriado

 Feriado é dia de bundar.
 Este móvel não foi feito pra mim...
Mas é como se fosse sob medida...

terça-feira, 19 de abril de 2011

Como brincar...

por Helena Jacob

Um mito cerca o mundo dos gatos: aquele que prega que a felicidade de um gato é diretamente proporcional à sua liberdade de ir e voltar da rua. Muitas pessoas alegam que o gato é um ser “livre” por natureza. Mas se esquecem dos perigos que a rua representa: atropelamentos, envenenamentos, agressões de outras pessoas e animais.
Por isso, lembre-se sempre que, se você quer adotar, o melhor a fazer pelo seu gato é mantê-lo seguro dentro da sua casa. “Mas como vou manter meu gato ativo, feliz e magro se ele não pode sair de casa?”. A resposta para essa pergunta é proporcionar uma alimentação de qualidade, que controle o peso do animal, e exercício físico.
O exercício não é um bicho de sete cabeças como parece. Claro que é impossível sair para passear com seu gato, mas você vai ver seu bichano se mexer para ele oferecendo brinquedos. Opções não faltam no mercado, como ratinhos de feltro, varinhas de pescar, bolinhas com barulho e outros atrativos. Outra dica é proporcionar uma companhia felina ao seu gato. Ter dois gatos em casa é melhor do que um, pois eles fazem companhia e brincam um com o outro. 
O mercado pet oferece diversas opções de brinquedos para seu gato se divertir. Os mais procurados são os ratinhos de feltro e as bolinhas com barulho e penas, que eles adoram. Não estranhe se, um dia, encontrar o tal rato de feltro “afogado” em uma bandeja de água ou estraçalhado pela casa. O gato usa, nesse brinquedo, seu instinto de caçador. Não é maldade, é o instinto do animal. Ele se exercita muito fazendo essa brincadeira.
Mas objetos que nem são brinquedos em si, também podem fazer muito sucesso. Qualquer coisa que se movimente vai chamar a atenção do seu felino. Amarre um pedaço de papel em um barbante e arraste pelo chão. Você verá a felicidade do gato perseguindo o papel. Caixas de papelão também são diversão garantida. Servem como brincadeira ideal para um esconde-esconde.
No entanto, a veterinária Rejane Melki, no seu site Beco dos Gatos (www.becodosgatos.com.br), lembra que é importante ficar atento à segurança de qualquer brinquedo brinquedos. “Só dê ao seu gatinho brinquedos próprios para gatos, que não soltem pedaços, lascas, se rasguem ou possam ser engolidos”, afirma. Outra dica de Rejane é oferecer um brinquedo de cada vez, para manter o interesse do animal.
Muitos brinquedos de gatos oferecidos em pet shops contêm a famosa “erva-do-gato” ou catnip. Trata-se de uma erva da família do tradicional hortelã. Segundo os estudiosos e veterinários, o cheiro dessa erva estimula o instinto predador do animal e afeta quase todos os felinos, inclusive leões, pumas e onças. Por isso, o catnip pode deixar o gato bastante agitado e alerta por horas. Após a brincadeira, eles, geralmente, dormem um sono profundo.
Algumas pessoas se assustam com o efeito do catnip, mas estudos acadêmicos provam que a erva é absolutamente segura. Segundo Laudo J.L. Bernardes, diretor de operações da PetPira Produtos Para Animais, em declaração ao site Vida de Cão (www.vidadecao.com.br), a erva-do-gato é considerada uma droga terapêutica para a recreação e controle de stress de felinos, sem efeitos tóxicos e nenhuma dependência física e química. “O maior cuidado com o consumo do catnip deve ser com a procedência; prefira produtos cultivados sem agrotóxicos”, diz Bernardes.
Outra brincadeira muita apreciada e que pode ser útil para preservar os móveis da sua casa são os arranhadores ou postes de arranhar. Há vários tipos e tamanhos disponíveis no mercado. Trata-se de brinquedos com postes revestidos de sisal e caminhas e casinhas de carpete para o gato dormir e brincar. O sisal e o carpete atraem os gatos, que afiam as unhas nesse material, distraindo sua atenção de sofás e tapetes. E tudo isso vira uma grande diversão para os felinos.